Filmes que estrearem em streamings e drive-in poderão concorrer ao Oscar

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou mudanças no regulamento de classificação de filmes para o Oscar. Levando em conta as mudanças causadas pela pandemia do coronavírus, a entidade não exigirá mais que produções sejam exibidas nos cinemas antes de ao streaming ou on demand para buscar indicações ao prêmio. Ao invés disso, os longas deverão ser disponibilizados aos membros da Academia em um período de até 60 dias após a estreia (via The Wrap).

Além disso, a Academia passará a reconhecer drive-ins como salas de cinema comuns, com os filmes cujas estreias foram planejadas para estabelecimentos tradicionais seguindo a mesma regra de sete dias seguidos de exibição aplicada há anos pela entidade.

Essa já é a segunda mudança nas regras de seleção do Oscar em 30 dias. Em setembro, a Academia anunciou um novo regulamento que busca aumentar a representatividade em grandes produções de Hollywood.

Fonte: Omelete

Postado em 8 de outubro de 2020

Receba Novidades