Cyberpunk 2077: desenvolvedor relata ameaças de morte após novo adiamento

Funcionários da CD Projekt Red, que desenvolve o aguardado Cyberpunk 2077, passaram a sofrer ameaças de morte após o game ter sido adiado pela terceira vez.

O novo adiamento já é o terceiro do game, que tem a presença do astro Keanu Reeves. Andrzej Zawadzki, desenvolvedor de Cyberpunk 2007, se manifestou nas redes sociais e disse que entende a revolta dos fãs, mas também condenou as ameaças de morte feitas por alguns.

“Quero falar uma coisa sobre o adiamento de Cyberpunk. Entendo que vocês estão nervosos, desapontados e querem dar suas opiniões. No entanto, enviar ameaças de morte para os desenvolvedores é absolutamente inaceitável e errado. Somos pessoas, como vocês”, afirmou Zawadzki.

Cyberpunk 2077 tinha lançamento programado para 19 de novembro, mas foi adiado para 10 de dezembro.

A justificativa dada pela CD Projekt Red foi o fato do game ter nove versões diferentes, entre consoles da atual e da próxima geração, bem como o PC. A empresa também lembrou que os funcionários estão trabalhando em suas casas por conta da pandemia do coronavírus.

Ao menos, outros fãs levaram na esportiva e fizeram alguns memes a respeito do novo atraso.

Fonte: Ei Nerd

Postado em 28 de outubro de 2020