Funcionários da Amazon roubam 500 mil euros em iPhones

Um dos maiores pesadelos de quem compra online é adquirir algo e, no fim, receber uma coisa totalmente diferente (ou mesmo não receber nada), principalmente se o produto for um iPhone.

Eis que uma quadrilha composta por cinco funcionários da Amazon foi acusada justamente de roubar o equivalente a 500 mil euros (mais de R$3,1 milhões) em iPhones de um centro de logística da empresa em Madrid (Espanha). As informações são do El Mundo.

O grupo foi preso após uma investigação interna da própria Amazon, depois que a empresa verificou problemas com pacotes que tinham pesos diferentes do que deveriam ter. As diferenças detectadas levaram a companhia a instalar câmeras em seus centros de distribuição para descobrir o que estava acontecendo — foi assim que eles flagraram um grupo de funcionários que estava subtraindo iPhones 12 e 12 Pro de pedidos, substituindo-os por outros pedidos feitos por cúmplices.

Três dos cinco integrantes da quadrilha foram presos enquanto deixavam as instalações da Amazon; uma quarta pessoa foi presa enquanto trabalhava; a última se entregou à polícia voluntariamente — todos eles foram demitidos e aguardam julgamento.

No momento da apreensão, os suspeitos carregavam cerca de dez iPhones, os quais provavelmente foram tomados usando o mesmo método. Eles também possuíam um grande número de adesivos com IMEIs1, aparentemente arrancados de caixas para dificultar o rastreamento desses dispositivos.

Fonte: MacMagazine

Postado em 16 de novembro de 2020

Receba Novidades