Tecnologia transforma o setor de segurança

A tecnologia ganha cada vez mais espaço na vida da população e no dia a dia das empresas. O avanço na área e os modernos dispositivos otimizam processos e estão revolucionando muitos setores. A segurança patrimonial é um dos principais exemplos. O emprego de poderosas tecnologias como Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial (IA) e a Robotização amplia a entrega de serviços para além do monitoramento patrimonial e transforma o segmento em uma área estratégica para os negócios.

As transformações trazidas pela tecnologia vão desde a instalação de novos equipamentos high-tech à obtenção de dados que podem fazer a diferença na tomada de decisão. Centros de controle, por exemplo, que antes tinham apenas a função da segurança remota, ganharam funcionalidades inteligentes que hoje trazem informações valiosas para as empresas.

“Hoje as imagens nos sistemas operacionais trazem inteligência que alertam sobre possíveis falhas e avisam quando algo está errado. E é essa Inteligência colocada na plataforma que está agregando ainda mais valor para a segurança” explica Fábio Reus, diretor de negócios da SegurPro, braço de segurança patrimonial do Grupo Prosegur, referência global no setor.

Rondas virtuais por vídeo ou drones, portaria e recepção remotas, controle e gestão via geoposicionamento de serviços móveis são algumas das novas ferramentas. Estes dispositivos podem aprender padrões de comportamento de determinados ambientes e, por meio de algoritmos de Inteligência Artificial, identificar anomalias e contribuir para encontrar soluções. “Com isso, temos uma aproximação com o cliente para saber exatamente qual é a dor dele e poder ajudar para melhorar o negócio”, afirma o diretor da SegurPro.

No caso da SegurPro, que tem em São Paulo o maior centro de controle da América Latina, outro processo de automatização empregado é o Robotic Process Automation (RPA, em inglês), ou robotização. “Já temos hoje em nossos centros de controle RPAs que automatizam o processo, deixando o serviço muito mais rápido e com mais qualidade”, pontua Fábio

Fonte: Baguete

Postado em 22 de novembro de 2020

Receba Novidades