PS4: Clássicos por menos de R$80 na PlayStation Store

Clássicos da PlayStation estão com desconto no PS4 por tempo limitado. A lista de jogos inclui o lendário GTA: San Andreas, o saudoso Bully (cuja continuação tantas pessoas desejam) e o primeiro The Last of Us (um clássico moderno, digamos).

Além dos clássicos, há também jogos mais recentes que obtiveram muita relevância, pelos mais variados motivos, disponíveis por preços menores. Alguns exemplos são Goat Simulator, Star Wars Battlefront, Final Fantasy XV, e Dead Island: Definitive Edition.

Confira abaixo 20 clássicos por menos de R$80 na PlayStation Store:

Bully: R$37,50
Manhunt: R$37,50
Metal Slug 3: R$12,50
The Last of Us: R$39,95
Red Dead Revolver: R$47,94
Samurai Shodown VI: R$12,50
The Last of Us Left Behind: R$26,95
Coleção Arcade da Blizzard: R$59,92
Uncharted The Nathan Drake Collection: R$39,95
Star Wars Jedi Knight II Jedi Outcast: R$20,75
Art of Fighting Anthology: R$12,50
Twisted Metal Black: R$15,45
GTA San Andreas: R$41,87
Final Fantasy VII: R$33,25
GTA Vice City: R$37,50
DOOM (1993): R$9,95
Pac-Man 256: R$13,45
Max Payne: R$47,94
GTA III: R$37,50
Siren: R$15,45

Todos os preços indicados nesta matéria são temporários. Portanto, caso você se interesse por alguma oportunidade, evite perder tempo. Se quer ver jogos com desconto também em outras plataformas, confira a lista de títulos mais baratos no Steam até a próxima segunda-feira (24).

Recomendação do autor: se você é fã de jogos da Rockstar, chega a ser difícil indicar apenas um. Todos os presentes na lista valem a pena, sem dúvida alguma. De qualquer forma, há três experiências particularmente interessantes dentre os jogos destacados: Siren (para fãs de jogos de terror), Final Fantasy VII (para quem não teve a oportunidade de jogar esse clássico no período de lançamento) e a coletânea de Uncharted (para quem quer entender a história completa da série).

É quase impossível listar todos os jogos inspirados em animes que trazem um protagonista genérico com a habilidade de copiar os poderes dos heróis e vilões das séries em que são baseados. No entanto, o maior problema que, praticamente, todos esses jogos têm é um só: a história.

Não há motivo para se interessar pela narrativa quando o protagonista é só um personagem aleatório com uma habilidade preguiçosa. Inevitavelmente, as pessoas acabam se cansando e buscam outras maneiras de aproveitar o game que compraram. Infelizmente, em muitos casos, a única outra opção é lutar contra jogadores em um modo de luta padrão, que muitas vezes não explora com sabedoria as características que tornam o anime em questão especial.

Personagens de Naruto e Boruto se enfrentam.
Teoricamente, Shinobi Striker enfrenta esse mesmo problema, mas há uma diferença crucial: a história é totalmente irrelevante para a experiência. Tratam-se de simples missões que servem, basicamente, como um treino. Logo, não são fundamentais para desbloquearmos os personagens e habilidades que realmente queremos obter. Quando o jogador se sentir à vontade, pode simplesmente entrar no online e espancar adversários como quiser.

Naturalmente, o ideal é ter uma lista de habilidades decente à disposição do personagem para aumentar as chances de vitória. E como podemos ganhar os melhores jutsus em Shinobi Striker? Escolhendo um mestre (personagens poderosos da franquia) para nos treinar. Sasuke Uchiha, Itachi; qualquer um.

Esse mestre acompanhará o personagem criado pelo jogador nas missões da “história”, mas esse nem é o ponto principal. Jogando qualquer partida de qualquer modo (inclusive no online), o personagem criado ganhará pontos de experiência com aquele mestre específico e habilitará os jutsus dele. Você pode trocar de mestre a qualquer momento ou seguir com um só até o final, para obter também skins especiais (como o manto da Akatsuki na cor original ou em alguma variação bizarra criada para o jogo).

Sasuke em Naruto to Boruto: Shinobi Striker.
O sistema permite que o jogador haja com liberdade. Você pode se interessar pelas duas primeiras habilidades de Itachi, por exemplo, e jogar com ele até desbloquear essas duas (é muito rápido, de verdade). Depois, poderá mudar para o Gaara e obter o escudo de areia ou para o Sasuke e obter o Kirin. Fica a critério de quem está jogando.

Como são quatro tipos de personagem (Ataque de Perto, Longa Distância, Defesa e Suporte), o ideal é navegar entre mestres que são especialistas em cada uma dessas áreas para criar um repertório competitivo (Naruto, Sasuke, Gaara e Sakura, respectivamente, cobrem todas as categorias citadas). E, novamente: você pode habilitar novos poderes enquanto joga qualquer modo. Não precisa esperar jogando offline para embarcar no online.

Se você não gosta de controlar um personagem criado por si mesmo, é possível até mesmo escolher os mestres e controlar personagens icônicos de Naruto nas partidas online depois de você obter experiência o bastante com o herói ou vilão em questão — com a diferença de que não é possível personalizar habilidades, neste caso (não faria sentido o Gaara cuspir fogo).

Tobirama em Naruto to Boruto: Shinobi Striker.
As partidas online são disputadas por duas equipes formadas por quatro pessoas cada. Os objetivos variam entre roubar a bandeira do adversário (clássico), eliminar todos os inimigos do outro time (outro clássico), conquista de base (é claro) e proteção/ataque ao chefão (esse é mais inusitado). Há também um modo para jogar sozinho em uma espécie de battle royale na arena dos Exames Chūnin. Não faltam opções para juntar as habilidades ninja dos personagens mais fortes de Naruto e disputar em grupo ou sozinho contra outros lobos solitários para descobrir quem é o melhor.

Some essa variedade de conteúdo à impressionante variedade de cosméticos relacionados com a franquia (como caudas da Kurama ou até mesmo máscaras ANBU) e você tem um encontro incrível entre fan service e mecânicas que entendem o que torna Naruto especial, em termos de combate.

Naruto to Boruto: Shinobi Striker está disponível para PS5 (retro), Xbox Series (retro), PS4, Xbox One e PC. Se você é fã da franquia, considere jogar tão cedo quanto possível, mesmo que tenha de esperar uma promoção para comprar. Depois de algum tempo, você nem vai se lembrar de quantas horas jogou.

Fonte: The Enemy

Postado em 20 de maio de 2021