Digital House e Rocketseat anunciam fusão, de olho em formar mais devs

Mackinlay, da DH, e Marques, da Rocketseat: sinergia para aprendizado de longo prazo (Rocketseat/Digital House/Divulgação)

Em um mercado aquecido e com ampla demanda por profissionais de TI e programação, duas grandes empresas do setor anunciam que irão se unir para brigar pela formação de profissionais.

A edtech argentina Digital House e a catarinense Rocketseat anunciam nesta quarta-feira, 13, uma fusão que pretende acelerar a estratégia das empresas para expandir no mercado de formação de profissionais do setor de tecnologia, que deve ver uma demanda de 6,3 milhões de desenvolvedores até 2025, segundo estudo realizado pela Microsoft.

A Digital House é especializada na formação de profissionais em escolas de programação, os chamados bootcamps. A empresa captou 280 milhões de reais em março, em aporte realizado por Mercado Livre e Globant e pelos fundos de investimento Riverwood Capital e Kaszek (que já investia no negócio). Já a Rocketseat é uma plataforma integrada, com ensino por meio de programas de aprendizado e interação com a comunidade de profissionais.

A Rocketseat já vem de uma outra fusão, em novembro do ano passado, quando se juntou à Shawee, especializada na produção de hackathons para empresas — competições entre desenvolvedores que permitem às companhias sondar e contratar bons profissionais através desses eventos.

Apesar da fusão, as duas marcas seguirão com operações distintas e independentes, mas esperam usar suas sinergias para brigar na área, que teve nos últimos anos uma série de escolas e cursos surgindo no Brasil.

Para Sebastian Mackinlay, CEO da Digital House no Brasil a união das duas companhias permitirá um incremento relevante na experiência de longo prazo dos alunos. “Os graduados na Digital House terão a oportunidade de continuar se aprofundando e ampliando seus conhecimentos através da plataforma da Rocketseat.”

“Combinando ambas empresas, teremos a capacidade de ensinar de forma gratuita a qualquer pessoa descobrir a programação, passando por cursos intensivos e práticos que sejam a porta de entrado ao mundo digital, até a formação contínua para programadores seguir aprendendo e evoluindo”, disse Mackinlay.

“Para nós da Rocketseat, a conexão do nosso propósito com a Digital House ficou muito clara desde a primeira conversa. Juntos, vamos impulsionar ainda mais pessoas e dar a elas o poder para acessarem as melhores oportunidades de suas carreiras.”, diz Robson Marques, cofundador e CEO da Rocketseat.

Fonte: Exame

Postado em 13 de outubro de 2021